Dream Theater: diferenças e curiosidades em Images & Words e Awake

Album Dream Theater

Dream Theater é uma banda de metal progressivo de Long Island, Nova York formada originalmente como Majesty e seus três membros principais: Mike Portnoy, John Petrucci e John Myung em 20 de junho de 1985. Os dois últimos permaneceram com a banda desde seu início em 1985. Outros membros atuais incluem James LaBrie e Jordan Rudess , e os ex-membros incluem Kevin Moore , Chris Collins , Charlie Dominici , Steve Stone , Chris Cintron e Derek Sherinian. Em 8 de setembro de 2010, Mike Portnoy deixou a banda e foi substituído por Mike Mangini em abril de 2011.
Dream Theater é considerada uma banda de sucesso na cena do metal progressivo, muitas vezes considerada a vanguarda do gênero. Embora bandas de metal progressivo tendam a não ter sucesso nos círculos mainstream, Dream Theater conseguiu passar para o mainstream em alguns pontos de sua carreira. Mais notavelmente com seu top 10 hit Pull Me Under em 1992. A banda desde então se viu limitada ao sucesso, embora ganhando popularidade.

A banda é conhecida pela proficiência técnica de seus instrumentistas, que já ganharam diversos prêmios em revistas especializadas em musica. Os membros do Dream Theater colaboraram com muitos outros músicos notáveis. O guitarrista John Petrucci foi eleito o terceiro musicista da turnê do G3 seis vezes, mais do que qualquer outro guitarrista convidado, seguindo os passos de Eric Johnson e Robert Fripp.

O álbum mais vendido da banda é o álbum de ouro Images & Words, que alcançou a posição 61 nas paradas da Billboard. Tanto o lançamento de 1994, Awake, quanto o de 2002, Six Degrees of Inner Turbulence, também entraram nas paradas na 32º e 46º posição respectivamente e receberam críticas positivas. Six Degrees of inner Turbulence também fez com que o Dream Theater se tornasse a banda mais comentada na seção de música do Entertainment Weekly durante a semana de lançamento, apesar da revista preferir música mais mainstream. Em 2007 a música Systematic Chaos entrou na Billboard em 19º lugar. A banda terminou de gravar seu décimo álbum de estúdio, Black Clouds & Silver Linings, que foi lançado em 23 de junho de 2009 e entrou na parada de outdoors dos EUA em 6º lugar. Eles lançaram seu décimo primeiro álbum de estúdio, A Dramatic Turn of Events  em 13 de setembro de 2011, que alcançou a posição #8 na Billboard 200 dos EUA. Seu décimo segundo álbum de estúdio, Dream Theater, foi lançado em 24 de setembro de 2013, entrando na Billboard dos EUA em 7º, tornando-se sua terceira estreia consecutiva no top 10. Dream Theater vendeu mais de dois milhões de álbuns nos Estados Unidos e mais de 12 milhões de discos em todo o mundo. 

Images an Word

Em julho de 1992 a banda Dream Theater lança o segundo álbum de estúdio, chamado de Images and Words. Este trabalho marca a entrada do vocalista canadense James LaBrie na banda, após a saída de Charlie Dominici — James LaBrie foi escolhido dentre mais de duzentos candidatos à vaga. Images and Words ganhou o prêmio de melhor álbum de metal de todos os tempos pela revista Rolling Stone em 2017.

O baterista e fundador Mike Portnoy se lembrou do álbum anos mais tarde como o disco que "colocou a banda no mapa", ainda que tenha levado alguns meses para "decolar"

 Images & Words tem um toque mágico, uma mistura brilhante de progressão, metal e coração. Minhas música favoritas são Surrounded, Under a Glass Moon, e Learning to Live.

Músicos que gravaram o álbum Images & Words: James LaBrie – vocais, John Myung – baixo, John Petrucci – guitarra e vocais de apoio, Kevin Moore – teclado, Mike Portnoy – bateria e vocais de apoio.

Awake

Dream Theater lançou em 4 de outubro de 1994 o álbum Awake. O terceiro álbum de estúdio da banda. Este é o primeiro álbum no qual John Petrucci utiliza uma guitarra de 7 cordas. Awake é um ótimo álbum, quase tão bom quanto Images and Words. Especialmente nas canções que compõem a primeira metade do álbum.

Awake foi o último álbum do Dream Theater com a participação do tecladista Kevin Moore, que anunciou sua decisão de deixar a banda durante a gravação do álbum. Muito do material para Awake foi escrito em sessões de escrita entre fevereiro e abril de 1994, durante as quais o Dream Theater estava sob pressão de sua gravadora para produzir um álbum tão bem sucedido como Images and Words (1992) com um single semelhante a “Pull Me Under ”.

As sessões de composição de dois meses da banda foram localizadas no Prince Studios, em Nova York. A falta de um líder dentro da banda aumentou as tensões no que já eram sessões tensas. O tecladista Kevin Moore observou na época que “há discussões que duram para sempre porque não há ninguém para entrar e estabelecer limites” . “Quando se tratava de música, você tinha o guitarrista John Petrucci e eu interpretando os papéis que ainda meio que desempenhamos, e Kevin também foi um elemento poderoso,”baterista Mike Portnoy disse. “Naquela época, o baixista John Myung estava um pouco mais fora de si, então o baixo era um pouco mais predominante na banda. A luta nunca chegou a duras penas, mas havia muita discussão sobre cada elemento, como os detalhes de como deveria ser a terceira nota do sexagésimo quarto compasso. ”

O sucesso do álbum anterior do Dream Theater, Images and Words, particularmente o single “Pull Me Under” , pressionou a banda a produzir um álbum seguinte de sucesso semelhante. “Alguém uma vez disse que você tem toda a sua vida para se preparar para seu primeiro álbum e cerca de dois meses para preparar o seguimento, e essa foi a situação que enfrentamos no início de 1994”, observou Portnoy. A popularidade do metal alternativo e do groove metal fez com que a gravadora da banda, East West, desejasse que a banda criasse um álbum mais pesado e sombrio.

Awake apresentou o uso de uma guitarra de sete cordas por Petrucci pela primeira vez, estabelecendo um estilo de escrita mais baseado em riffs. “Esse estilo cimentaria ainda mais a fusão do metal com a música progressiva, que é o motivo pelo qual o Dream Theater é conhecido”, disse Petrucci. “Acho que abriu o caminho para muitas de nossas canções posteriores mais fortes e pesadas, como 'A Change of Seasons', 'The Glass Prison' e 'The Dark Eternal Night'.” O vocalista James LaBrie descreveu seus vocais em Awake como “mais variados e muito mais agressivos” do que em Images and Words, a ponto de as pessoas pensarem que a banda tinha um novo vocalista para o álbum.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Arnold Schoenberg: Fundamentos da Composição Musical

Guitarrista Yngwie Malmsteen em Odyssey